(Resenha) Incendeia-me - Tahereh Mafi

O medo vai aprender a me temer... 

      
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581634418
Ano: 2014
Páginas: 384
UM DIA EU POSSO ROMPER
UM DIA EU POSSO
E ME LIBERTAR
NADA MAIS VAI SER IGUAL

 O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado. Juliette foi a única que restou no caminho d O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá. Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.




Incendeia-me é o último livro da trilogia Estilhaça-me (todoschoram) e Tahereh Mafi  encerrou a história de Juliette com maestria. Logo que estilhaça-me foi lançado li inúmeras resenhas que diziam que a narrativa dela era ruim e depois que li o primeiro livro da autora fui incapaz de concordar. Não consigo por um defeito nela, na verdade acho sua técnica de escrita original, envolvente e encantadora. Principalmente quando ela dá intensidade a uns trechos, como fiz no começo da sinopse. 

Intensidade... Acredito que seja essa a palavra chave para este livro que, de fato, é de incendiar o coração de qualquer leitor. No primeiro volume encontramos uma Juliette quebrada, estilhaçada, por uma vida de solidão e ausência de amor. Já em liberta-me a protagonista estava presa dentro de si mesma, estava se redescobrindo, procurando a identidade própria que os anos de solidão nunca foram capazes de revelar. Que a proximidade de Adam não era capaz de revelar, já que Adam esperava uma menina doce, boa, meiga e como ele mesmo disse " A ultima coisa boa que restou no mundo". Mas será que Juliette é mesmo uma pessoa quieta, meiga e que precisa ser cuidada?

Warner nunca achou isso. Aquele Warner que muita gente já admirava desde o principio, mas que poucos conheciam de verdade (não até ler o conto dele). A questão é que ninguém conhecia nenhum dos 3 protagonistas de verdade até este encerramento. Juliette por que mal sabia quem era. Warner porque se escondia em uma fachada de cara malvado. Adam porque era doce o tempo todo. Em incendeia-me tudo mudou. 

Dizem que quanto mais se apanha da vida, mais se aprende. Não sei se é uma verdade universal, mas é no caso da Juliette se mostrou verídico. Depois de ver a morte de perto ela quer vingança, não só por ela, mas também por todos os seus amigos, incluindo Adam, que acha que morreu. E este é o inicio de incendeia-me : Warner que salvou-lhe a vida, mesmo quando estava com o coração partido - por ela - , lhe dizendo que seu pai conseguiu aniquilar o Ponto Ômega. Que matou todos. Que, a não ser por ele, ela está sozinha no mundo. E então lhe dando alternativas de vida : ficar com ele, viver em algum lugar sozinha e anonima - já que seu pai não pode descobrir que ela está viva ou... Algo que a própria Juliette sugeriu : Se vingar, lutar contra Anderson (pai de Warner e líder do Restabelecimento).

E é neste ponto que todo mundo pode achar gritante a diferença na Juliette, que podem não conseguir reconhecê-la, que podem falar que ela mudou rápido demais. Mas o que vocês fariam no lugar dela? Se tivessem a força e o poder que ela tem? Ia sentar e chorar, ou destruir a vida de quem destruiu a sua? Não sei vocês, mas eu iria usar meu poder. Estaria decidida. Não estaria com medo... Porque O medo iria ter que aprender a me temer. 

Mas Juliette ainda tinha um pingo de esperança. Achava que algo poderia ter saído ileso do Ponto Ômega e faz com que Warner a leve até o lugar que a pouco tempo foi seu refugio. Descobre que nada, que estivesse lá dentro, poderia ter sobrevivido. Mas também descobre que nem todos estavam lá...  Que algumas pessoas sobreviveram. Entre elas Kengi (<3333), Adam, James e Castle. Mais pessoas para ajudar em sua vingança além de Warner. Mas será que eles serão capazes de se unir? Será que conseguirão conviver com as diferenças? Com o ódio mútuo? Principalmente o ódio existente entre Adam e Warner? E falando entre Adam e Warner... Com quem será que Juliette vai ficar no final? Quem ela ama de verdade?

QUE LIVRO MARAVILHOSO. QUE 
L
I
V
R
O
MARAVILHOSO. 

Iniciei a leitura ontem a tarde e umas 8 da noite já estava concluindo. Como disse no inicio da resenha, Mafi escreveu este livro com maestria e proporcionou todo tipo de emoção que esperava. Minto. Ofereceu muito mais do que esperava.

Foi incrivelmente encantador acompanhar a evolução dos personagens e as revelações sobre os mesmos. Achava que não poderia amar mais o Warner, mas estava enganada. Sobre o Adam... digamos que o verdadeiro eu dele não era o que eu amava. Agora Juliette! Ah, Juliette! Essa sim se tornou uma das minhas heroínas literárias preferidas. Falem o que quiser falar. Sei que vai ter muita gente que vai dizer que a mudança abrupta e irreal, mas era algo que Warner já esperava desde o começo (e eu também!!!). Acho que irreal seria pensar como Adam : que uma mulher tão forte e poderosa, seria passiva, delicada e que precisaria de proteção. Juliette não precisa de proteção de ninguém. Ela nunca precisou. Só não tinha descoberto isso ainda...

E a história de Tahereh Mafi nunca tinha sido tão boa. Gostei muito do desenvolvimento de todas as questões abordadas pela autora, principalmente da principal : A politica, a distopia em si. Foi muito mais do que #teamWarner ou #teamAdam. Foi muito mais que romance, ainda que tenha tido seus momentos fofos em que a torcida toda grita : Se beijem logo! Claro que não vou dizer com 
qual dos dois estes momentos aconteceram, porque estragaria boa parte do drama e do romance. 

Como a autora não deixou a desejar em nada na história, nem na narrativa e a capa não poderia estar mais linda, eu não tenho nada de negativo para contar. Aos fãs: dificilmente vocês irão se decepcionar. Aos que ainda não leram : LEIAM! E  aos que, assim como eu, já encerraram a trilogia : Só resta a saudade!  Como eu queria que todas minhas séries preferidas terminassem bem assim...





Quotes: 

(...) eu acho que as pessoas se tornam quem realmente são quando as coisas estão difíceis. Eu já vi em primeira mão. Comigo, com meus pais, até com a sociedade. (...)

E nós somos aspas, invertidas e de ponta-cabeça, agarradas uma à outra no final desta sentença de vida. presos por vidas que não escolhemos. Está na hora, eu penso, de nos libertarmos.

Porque a verdade é tão insuportável que eu queria que ele me entregasse uma mentira.

PS: Separei vários, vários quotes. Meu livro está cheio de post-it. Mas quando fui escrever a resenha, percebi que 90% deles dariam spoilers fortes. Então... deixei eles marcadinhos para outra ocasião.




19 comentários:

  1. Paula. Quê isso, menina? Quer acabar comigo?
    Preciso muito ler essa série, mas ainda não consegui pegar o primeiro volume pra ler. Pretendo fazê-lo ainda esse ano. Bom, muito bom saber que "Incendeia-me" fecha bem a trilogia.
    Essa capa <3

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não li nenhum dos livros da série, apesar de achar que deve ser uma trilogia excelente.
    Adorei a sua resenha e espero ler os livros em breve.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

    ResponderExcluir
  3. Nem acredito que você já tem esse livro minina. Quase que morro! Confesso que nem li a sua resenha direito porque se eu pegar um spoiler minimo desse livro eu vou pirar. Mas ainda torcendo pro Warner ficar com a Juliet (vou torcer pros dois até o ultimo paragrafo desse livro)
    Beijos, #TeamWarner
    http://heybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhhhhhh que mal pressentimento! ahha
    Mal terminei de ler "Fragmenta-me", e me deparar com AQUELE Adam frio e mal resolvido (o que me parte o coração porque sou #TeamAdam) e você vem com esse resenha (ótima, por sinal), se negando a dizer com que a Juliette vai ficar (o que é razoável, né?! ahaha) mas dando alguns indícios que me deixaram agoniada!
    Sem dúvida "Incendeia-me" é uma das minhas próximas leituras e, até lá, vou seguir roendo as unhas e torcendo pelo 'quase impossível'.
    Ahhh como essa trilogia vai deixar saudades! Essa escrita cheia de metáforas da Mafi ganhou meu coração por inteiro!

    AMEI sua resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei sabendo sobre esse tal Adam frio, viu! Minha amiga me mostrou algumas coisas, resolvi nem ler! Foi meio assustador...
      Agora... para saber você terá que ler! hahaha
      Boa sorte <3

      Excluir
  5. Menina eu preciso ler essa série de uma vez! Preciso dos livros! Ótima resenha.

    Abraço!
    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gente agora to com medo, só li o primeiro e sou Team Adam mas ai, ai, preciso ler o resto

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. DOIDA para ler esse livro, esperando meu exemplar.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Estou toda arrepiada.
    Vou fã de carteirinha da saga desde que ela lançou. Além de ter capas lindas, a Tahereh tem uma escrita muito otima! E super diferente, que te impulsiona mais ainda na leitura.
    Já li e tenho os 2, falta apenas esse ultimo. E estou com uma pena de terminar, mas ao mesmo tempo quero devora-lo de uma vez só e reler muitas e muitas vezes!
    Amei a resenha.
    http://livrologias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não conseguia parar, Priscila! Essa autora é demais! Você vai amar!

      Excluir
  9. Adorei! Pretendo ler livro em breve.

    Blog:http://meusdespropositos.blogspot.com.br/

    Belo blog parabéns

    ResponderExcluir
  10. Só eu acho que ela deixou brecha pra mais um conto pelo menos?

    ResponderExcluir
  11. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo em destaque.
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá começando a ficar chato isso, hem!
      Eu já te dei uma dica lá no google+, acho que poderia segui-la.

      Excluir
  12. Ficou estranho o final do terceiro livro poderia ter mais um ...

    ResponderExcluir
  13. eu estou muito ansiosa para ler este livro amei a resenha
    http://o-p-s-espalhei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Terminei de ler o livro agora a pouco...e fiquei com o gostinho de quero mais...
    A trilogia é fantástica...nos envolvemos com os personagens, formamos opiniões e depois mudamos de novo...ou seja crescemos junto com a história...realmente incrível...
    Mas ainda queria mais...

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home