(Review) Vampire Academy - Filme

Quem acompanha as novidades do cinema sabe que a bilheteria americana de Vampire Academy foi vergonhosa. Assim como as críticas. Enquanto isso eu e várias fãs da série ficamos revoltadas por que o filme foi cancelado aqui no Brasil, a revolta foi grande em cima da distribuidora nacional (Diamond Filmes). Todos nós achávamos que estavam criticando o filme tão negativamente por causa da história batida de Vampiros e toda comparação com as adaptações anteriores. Ontem finalmente tive oportunidade de assistir ao filme (em HD, ninguém merece aquelas filmagens de cinema) e a verdade por trás de todas as críticas foi muito triste. 
The Suck At Scholl. Seriously?



Como dizem por aí, o pior tipo de cego é aquele que não quer ver. Todos os indícios de que não estavam levando a adaptação muito a sério estava na nossa cara, mas nós, fãs apaixonados pelos livros da Richelle Mead, não queríamos enxergar. O primeiro trailer (assista aqui) do filme até que foi bacaninha (mesmo já dando para perceber um certo ar Mean Girls), no final dele teve a coisa da rosa, do sangue que dava um certo ar sombrio e de seriedade.  Mas depois disso tudo desandou e quando saiu aquele poster verde e rosa com cara de propaganda da Mangueira (escola de samba carioca) todos os fãs deveriam ter notado de vez que não seria uma boa adaptação. Mas só acreditamos quando quebramos a cara, então... Ainda esperava que seria bom e tinha que conferir.

Vamos falar sobre o filme em si agora. Não vou resumir história, apesar de contar algumas coisas, mas a sinopse está logo abaixo.

Sinopse: O filme é uma adaptação da série best-seller ‘Academia de Vampiros‘, de Richelle Mead. Com direção de Mark Waters (Minhas Adoráveis Ex-Namoradas, Meninas Malvadas), o filme apresenta as primeiras aventuras de Rose Hathaway (Zoey Deutch), uma dhampir — meio vampira, meio humana — no treinamento para ser a guardiã de sua melhor amiga, a princesa Lissa Dragomir (Lucy Fry), única herdeira das 12 famílias da realeza Moroi, pacíficos vampiros mortais. (http://cinepop.virgula.uol.com.br/)


Então fui eu, a garota apaixonada pelo elenco (mais detalhes sobre isso depois) assistir um dos filmes mais esperados e logo no começo toca uma musiquinha tipica de filme de colegial americano, que dizia alguma coisa sobre Bad Girls. Pensei, ah! É só uma música o filme não vai seguir essa linha... Mas aí as coisas realmente começaram a piorar muito. A história realmente começa como a do livro, Rose e Lissa juntas fugindo dos guardiões da escola da qual fugiram e depois tentando fugir dos guardiões que finalmente as encontraram(uffa!). Zoey Deutch como sempre uma ótima atriz, mas Lucy Fry que, fisicamente, era a Lissa perfeita na atuação deixou muito a desejar. Sabe aquela atriz sem expressão facial? Ela. Para piorar a situação você percebe de cara que o produtor não quis dar a adaptação o mesmo ar sombrio dos livros. E as lutas? Primeiro contato Rose x Dimitri e a "luta" dos dois foi pra lá de irreal, de mal executada. Me senti jogando vídeo game.


Então elas são levadas de volta a escola, com direito a ataque dos Strigois - que também não foram bem feitos - e quando elas finalmente estão dentro da super segurança escolar toda situação fica, definitivamente,  com ar de Mean Girls (Meninas Malvadas) e você se pergunta quando Lindsay Lohan e companhia vão aparecer usando presas. Bizarro. Frustante.


Mean Girls edição VA
Não vou dizer que lembro detalhadamente da sequência de acontecimentos do primeiro livro, porque tem um bom tempo que li. Mas acredito que o roteiro não tenha sido o grande problema da questão, porque parte das coisas importantes, que eu me lembro, estão ali, não tudo, mas parte. Então acredito que o grande problema tenha sido o Diretor (que por sinal também foi diretor de Mean Girls). Ele contava com um elenco maravilhoso que sumiu no filme. Danila que foi tirado lá da Russia para interpretar nosso amado Dimitri (Russo!) é um ator incrível, vi várias coisas dele (algumas até em russo com legenda em inglês) para conhecer o seu trabalho e cheguei a conclusão de que ele é um ator e tanto. Zoey Deutch é outra atriz incrível, que eu achava uma Rose perfeita, só que não a vi no filme. O diretor simplesmente não aproveitou nem 10% da capacidade do elenco escolhido, resultando em personagens superficiais, atuações caricaturadas e filme ainda mais superficial . Talvez funcione como comédia ruim, mas como adaptação da saga de sucesso escrita pela Richelle Mead não.

Você deve estar pensando que sou daquele tipo chata que odeia todas adaptações. Você está enganado. Eu sou do tipo menos exigente possível. Gostei até de Percy Jackson, que não foi nada fiel e Cidade dos ossos, que foi bastante criticado pelos leitores. Acontece que mesmo que não tivesse lido eu continuaria achando esse filme vergonhoso. 

Para não dizer que foi de todo ruim, podemos dizer que nosso ruivo Mason ainda manteve sua essência e o Christian nosso garoto meio emo também. Zoey, apesar de  ter sido meio superficial, ainda manteve algo de Rose e o Danila conseguiu ser o cara Russo Sexy em alguns momentos. Afinal ele consegue ser másculo até com aquele cabelinho de franjinha triste que colocaram nele. 

Mason sendo Mason 

Christian sendo Christian. Como esse Dominic Sherwood é lindo...
Dimitri sendo másculo. mesmo com cabelo de mulher.

No final das contas até agradeço a Diamond Filmes por não ter distribuído o filme para o cinema, porque seria vergonhoso eu convencer meus amigos a assistir um filme sobre vampiros bacana, baseado em mitologia romena e aquela coisa toda... e quando estivesse assistindo não saber o que diabos estava acontecendo. Onde iria enfiar a cara quando acabasse? Não sei. Também foi bom economizar, vamos usar esse dinheiro para assistir um filme que valha a pena. Talvez Divergente... de novo. hahaha

Fica aqui minha eterna saudade do elenco que tanto adorei e jamais pude ver representando, de fato, personagens tão queridos. Mas pelo menos não terá continuação e não verei toda a história sendo transformada em um filme medíocre ( Porque com certeza eu iria ver, porque com certeza ia esperar que melhorasse - o que não iria acontecer) .



Meu conselho final? Ignore a existência desse filme. Se você leu os livros, releia. Se você não leu, leia. Eles sim valem a pena. 


14 comentários:

  1. Nossa Paula, arrasada com a sua crítica!
    Realmente pensei que fosse ser uma boa adaptação, mas pelo visto me enganei.
    Sua resenha está muito bem escrita, e por esse motivo vou evitar assistir e ter raiva depois...rsrsrs
    Espero que a adaptação de A culpa é das Estrelas não seja tão frustrante assim...

    Beijos :*

    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Muito bem escrita, uma crítica muito construtiva... Mean Girls é um dos meus filmes preferidos... Mas realmente não as imagino sendo vampiras hahaha

    Indiquei uma tag pra você lá no meu blog... Espero que goste xuxu

    http://umnovo-roteiro.blogspot.com.br/2014/04/tag-primeiro-e-ultimo.html
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi :)

    Uma amiga minha é fã dessa série e deu um jeito de assisti esse filme e, assim como você, ela odiou. Nunca li essa série e não pretendo, assistir o filme então. Fora de cogitação!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que tenso isso. Não os livros mas mesmo assim acho lamentável darem uma adaptação vergonhosa à uma saga de sucesso. Péssimo!

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Muito chato mesmo quando algo deste tipo acontece, sinto que os fãs e a própria autora fazem parte de um desleixo por parte dos criadores. Realmente lamentável, como disse a Gabriela.
    Mesmo assim a autora e a serie não merecem nem comparação.
    ótima resenha!!

    beijinhos da Lêeh
    http://maetoescrevendo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que triste, uma grande pena mesmo! Academia de Vampiros é um dos melhores livros sobre o tema na atualidade, que simplesmente não leva tudo para um caso adolescente. Uma pena o diretor não ter entendido a alma do livro, uma pena mesmo. De qualquer forma, eu vou ver o filme, sim sou um pouco masoquista rsrsrsr

    Bjs, Michele

    ResponderExcluir
  7. Eu olhei para o ator q ia fazer o Dimitri e odiei. Ai vi ele numa foto com os cabelos rebeldes, e fiquei apaixonada. Por fim, vejo essa foto feito propaganda de shampoo, e ja to desistindo de ver o filme... aehuaheuhuae

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Propaganda de shampoo, hahahaha bem isso!

      Excluir
  8. sei como é ficar esperando um filme bom (por ser baseado em um livro bom) e acabar se decepcionando com a adaptação =(
    quando eu vi o trailer pela primeira vez também me veio à cabeça que ficaria meio mean girls...e agora sei que parece que ficou mesmo xD
    a resenha está super bem escrita!

    Beijos!

    http://bettinablanco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. lol
    as vezes me dá muita raiva adaptação literária cara, na boa!

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  10. Sua crítica resumiu as minhas impressões sobre o filme, tinha horas que dava vergonha alheia... muito triste isso, e olha que eu levava fé que podia ser uma boa adaptação. A Lucy é mesmo péssima e as lentes de contato dela ficaram evidentes também, enfim, as atuações ficaram tão caricatas. Resumindo, ficou parecendo episódio piloto de série de baixo orçamento... uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Ficaram terríveis aquelas lentes, preferia os olhos naturais dela!

      Excluir
  11. Ótima critica!! Concordo com vc!!!

    Beijos Mila

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home